Identifique-se  
Categoria:
  


Dicas

ENTENDA A TV DIGITAL

Fonte: http://www.dtv.org.br/cartilha.php

Postado: Eng.Elet.Vanderlei Felisberti

Quando começou a TV Digital?

No dia 2/12/2007 a grande São Paulo recebeu as primeiras imagens de TV Digital no Brasil. Quem está preparado para essa revolução tecnológica? O que precisa ser feito para usufruir dessa nova mídia que vai alterar a rotina de todos?
Economicamente, socialmente, cientificamente, politicamente, tecnologicamente, comercialmente e qualquer outro advérbio terminado em “MENTE” será afetado por essa nova forma de VER TV. A TV analógica persiste desde as experiências com o disco de Nipkov (Ver Obs. 1), considerado por muitos como o inventor da TV; a única novidade foi a introdução das cores, na década de 1950 nos EUA; no Brasil elas chegaram em 1972, no dia 19 de fevereiro com a transmissão da FESTA DA UVA diretamente de Caxias do Sul; eram somente 500 televisores coloridos recebendo a transmissão.

O que é a TV analógica?

Tecnicamente falando, e de maneira simplificada, podemos dizer que a TV analógica forma a imagem e o som de modo contínuo. Por isso vemos hoje imagens com contornos borrados (principalmente nas partes coloridas), chuviscos provocados por interferências (secadores de cabelo , liquidificadores, motores de carros / motos de modelos mais antigos com ignição convencional, são exemplos bem conhecidos de todos), fantasmas, ruídos, distorções na cor da pele das pessoas, dificuldade para ler textos e números pequenos e, além de tudo, ouvir um som pobre, que às vezes até vem em estéreo. Mas quando falamos em TV analógica estamos nos referindo somente à transmissão, porque nos estúdios, praticamente todas as Emissoras já usam o formato digital. O telespectador é passivo (não interage com a mídia) e para assisti-la é necessário estar dentro de uma sala na hora que o programa vai começar.

O que muda com a TV Digital?

A TV Digital transforma cada minúsculo elemento da cena e do som em um número binário formado somente por zeros (0) e uns(1); é a mesma linguagem tecnológica dos computadores. E o que ela trás de diferencial para o telespectador?
O primeiro grande impacto é a ALTA DEFINIÇÃO (Ver Obs. 2), que aparece na mídia com as siglas HD (High Definition - Alta Definição) ou HDTV (High Definition Television - Televisão de Alta Definição) em inglês. Alta Definição significa ver mais detalhes na imagem (como nos cinemas, por exemplo). A introdução da HDTV será gradual, (mas as transmissões já vão iniciar no formato digital com resolução comum conhecida como SD de Standard Definition). O telespectador vai sentir a diferença, porque as distorções da TV analógica já citadas desaparecerão, ou seja, teremos uma imagem limpa e ainda um som com qualidade dos atuais CDs.
Ouvir som Surround 5.1 – É um som com 6 caixas acústicas, realce dos graves, conhecido na mídia como som de Home Theater. Esse som somente será usado com HDTV.
Tela no formato 16:9. Esse número é a relação entre Largura e Altura da tela; às vezes é chamada de “tela de cinema” ou “tela larga”. Esse formato permite ver mais áreas das cenas do que a TV tradicional analógica, cuja relação é 4:3 (tela quase quadrada). Essa característica, em coberturas esportivas, nos trás a sensação de estarmos assistindo o evento no local onde ele acontece. Os analistas técnicos terão de ter mais cuidados nos seus comentários, porque estaremos com mais informações na tela (Ver Obs. 3).
Mobilidade e Portabilidade são características que vão acabar com a angústia de chegar rapidinho em casa para não perder “Aquele Programa”. O nosso sistema de TV Digital permite que os programas possam ser vistos dentro de ônibus, carros, barcos, aviões, Lap tops, em celulares com os telespectadores em movimento, nos desk tops dos escritórios, ou até com receptores de bolso.
Multiprogramação - É uma alternativa para a Alta Definição, que permite ver programas diferentes no mesmo canal, ou ver o mesmo programa com vários ângulos/posições diferentes (muito bom para esportes em geral). Poderá reduzir conflitos em casa: Um vê Novela, Outro vê Notícias, o Terceiro vê Esportes e o Quarto vê Desenhos. Esse recurso é configurável e a Emissora poderá diminuir o número de canais aumentando a resolução; por exemplo, dois programas com resolução maior que o SD, mas menor que o HD. Para usar esse recurso, precisa ter um aparelho para cada programa, até porque o Áudio vem embutido no vídeo do programa.
Interatividade permite fazer compras pela TV sem ter que usar telefone, votar em pesquisas, consultar o guia de programação das emissoras e outros serviços que vão aparecer à medida que a TV Digital for se consolidando em todo país.

O que preciso fazer para assistir a TV Digital?

Essa resposta vai depender dos desejos e das facilidades técnicas que cada um tem hoje no seu endereço residencial/profissional. A primeira providência é verificar se nos seus endereços é possível receber imagem de TV em UHF (Ultra High Frequency - Freqüência ultra-alta), usando ANTENA INTERNA. Elas são pequenas e diferentes das normalmente vistas em instalações de Antenas Coletivas. A Fig.2 mostra uma só como referência. Se não for possível, será necessário instalar uma ANTENA EXTERNA de UHF. Existem muitos modelos. É importante consultar um profissional de confiança, nesse assunto.
Resolvido o problema da antena de UHF, é preciso conhecer um outro produto chamado de Set-top box (Conversor de TV Digital, Caixinha conversora etc); a indústria criará outros nomes para ele, mais fortes em termos de marketing.
Para que serve esse dispositivo? Basicamente ele executa três funções:
1 - Converte a TV Digital em TV analógica para os atuais televisores analógicos ou as telas de LCD e Plasma já a venda. Provavelmente a partir de 2008 a indústria já terá colocado no mercado telas com Set-top Box embutido.
2- Permite Interatividade.
3 - Permite funções adicionais como, por exemplo, usar um disco rígido chamado PVR (Personal Vídeo Recorder – Ele substitui os atuais Videocassete, mas com qualidade digital) para gravar programas. ATENÇÃO: comercializar programas gravados diretamente DO AR continua sendo crime.
A indústria oferecerá vários tipos de Set-op boxs, desde o mais simples (popularmente chamado de zapper - nome originado do jogo Nintendo. CUIDADO! Verifique se ele permite receber HDTV), que só atende ao item 1 acima, até o mais sofisticado que atende a todos os três. Veja na Fig.1 um Set-top Box.

XPS-1000 - Proview

Fig. 1 Set-top Box com seu controle remoto.

Falta alguma coisa mais?

SIM. Agora podemos comparar o que temos com o que desejamos assistir, para decidir sobre investimento.
1 - Temos um aparelho de TV Digital Integrado, com Set-top Box Completo e sintonizador de canais embutidos.
Dependerá dos fabricantes disponibilizar este produto no mercado. Nessa situação não é necessário comprar nada; é só ligar o cabo da antena de UHF no Set-top Box, escolher o programa e deliciar-se com a nova mídia;

2 - Temos um aparelho de TV Digital sem sintonizador (normalmente é chamado de Monitor, como nos Microcomputadores, por exemplo, ou como se usa a TV atualmente com o reprodutor de DVDs externo.
Nesse caso temos que comprar um Set-top Box; o modelo vai depender do que se deseja obter da TV Digital. Quer gravar e fazer Interatividade? Usa o Completo. Só quer ver? Usa o modelo básico. A nossa indústria vai oferecer muitas outras opções intermediárias.

3 - Temos um Televisor analógico.
A situação é semelhante ao item 2 anterior. Será necessário adquirir um Set-top Box, cujo modelo vai depender do que o usuário deseja. A diferença é que a qualidade da imagem e do som vai ser definida pelo televisor analógico, mas a imagem será boa, clara e livre de fantasmas e/ou ruídos; e o som vai parecer CD.
Bem, com essas informações há duas alternativas para escolher:
1 – Preparar o seu endereço social e profissional para receber essa nova mídia, ou
2 – Pedir ao vizinho para assistir no endereço dele.

Dúvidas? Fale conosco no site http://www.forumsbtvd.org.br/ 

Obs. 1 – Paul Nipkov, um jovem cientista alemão terminou seu disco em 24/12/1883, mas somente o apresentou ao público em 04/01/1884. Em 1925 o inglês John Logie Baird usou o disco para fazer a primeira transmissão de TV usando esse disco.
Obs. 2 – A mídia destacou o aumento na procura de cirurgias plásticas e estéticas na grande Beverly Hills, em Los Angeles, USA, motivada pela preocupação dos/as artistas que conhecem bem as características da alta definição, que não esconde nada. Maquiadores e Técnicos de Iluminação são também profissões em alta por lá. Por aqui a tendência, provavelmente, será seguir Hollywood.
Obs. 3 - Presenciei uma situação real relacionada a essa característica. Uma pessoa sem nenhum conhecimento técnico assistiu comigo, em HDTV, o final da Copa do Mundo de 2002 em uma sala de cinema do Rio de Janeiro. Claro que foi uma alegria geral ver os dois gols do Ronaldinho Fenômeno nos dar o título de PENTA campeão. Mas, agora ela não quer ver mais futebol em tela 4:3 e sem alta definição. Quem vê HDTV uma vez não aceita voltar para a TV de definição comum SD (definição padrão).




Voltar

Veja outras dicas:

Li-Ion ou Li-Po? Conheça as diferenças dos tipos de bateria de celular
MOBILIDADE ELÉTRICA
Qual a melhor forma de iluminar piscinas? Entenda
Por que é tão importante fazer o levantamento topográfico de um terreno?
Você sabe o que é aterramento?
PAINEIS SOLARES FOTOVOLTAICOS
Como e identificar e escolher uma bateria 18650 original
Saiba quando a tarifa branca pode ser uma opção boa para o bolso
Como saber se o seu celular é compatível com o 4G do Brasil
Resolução de problemas de Wi-Fi: Velocidades Lentas
O que é a Demanda Contratada de Energia?
O que ainda é preciso para despertar o morador para a Automação Residencial?
SISTEMA CONECTADO À REDE ELÉTRICA - ON GRID
Energia Reativa Excedente: Como Solucionar
Tarifa Branca e Bandeiras Tarifárias Saiba Mais....
RGE explica o que é a Tarifa Branca nas contas de energia elétrica
PINAGEM RJ45 (WIRE MAP)
MEDINDO O SINAL DE REDE WIRELESS
PINAGEM RJ45 (WIRE MAP)
10 MOTIVOS PARA INVESTIR EM UM SISTEMA DE ENERGIA SOLAR FOTOVOLTAICA
O QUE É ENERGIA SOLAR FOTOVOLTAICA
QUERO INSTALAR UM SISTEMA FOTOVOLTAICO EM MINHA CASA. COMO FAÇO?
RÁDIO ENLACE??? DUVIDAS FREQUENTES???
LUMINOTÉCNICA ESTUDO E APLICAÇÕES
AFINAL, VALE A PENA INVESTIR EM ENERGIA SOLAR?
AFINAL, COMO INSTALAR REFLETOR LED?
COMO DESCOBRIR SE SEU CELULAR ESTÁ REGULARIZADO NA ANATEL
NR 10 – SEGURANÇA EM INSTALAÇÕES E SERVIÇOS EM ELETRICIDADE
TEORIA DE RÁDIO E CÁLCULO DE ENLACE
Os requisitos para os revestimentos cerâmicos de fachadas e paredes
ENERGIA SOLAR FOTOVOLTAICA: VANTAGENS E DESVANTAGES
O meu telefone funcionará?
Função de cabos da Categoria 8 em Ethernet de 25 G e 40 G de centro de dados
CRIMPAGEM DE CABOS (UTP/STP)
REDES WILESS: ENTENDENDO O PADRÃO 802.11n
.BIN File Extension
Material elétrico Ex (à prova de explosão e segurança aumentada)
O que é um Firewall?
Geração de Imagens Térmicas Na Fábrica
Classificação das pilhas em função do tamanho
Baterias Ions de Litio
USO DE SISTEMAS AUTOMATIZADOS PARA OTIMIZAR A CAPTAÇÃO DE ENERGIA EM PAINÉIS SOLARES
Qual a diferença entre curso técnico e tecnólogo?
Painéis Solares
Grau de Proteção IP (Tabela de Classes - Norma DIN 40050)International Protection
Frequências de 3G no Brasil
Dispositivos DR
Quantos cabos UTP cabem no eletroduto?
História da Energia Elétrica - RS (1ª Parte)
História da Energia Elétrica - RS
História da Energia Elétrica - RS
História da Energia Elétrica - RS
UnRoot Samsung i9100 Root Galaxy S2 com Android 4.0.3 ICS XXLPQ Firmware
[Galaxy SII] Android atualizado para a versão 4.0.3 + Launcher ICS
Qual é a operadora do celular com este número?
5 dicas para elaborar um plano de negócios
Atingindo os picos da incompetência – o Princípio de Peter
Sete coisas legais no Windows® 7
Mundo Financeiro - O Olhar de um Gestor
Ensine sua família a calcular o consumo de energia
Descargas atmosféricas e seus riscos
SÍNDICO & PÁRA-RAIOS
Quatro coisas que podem deixar sua conexão de rede mais rápida
Comparativo Windows 32 bits versus 64 bits
USANDO A REDE ELÉTRICA PARA ACESSO A INTERNET
ENTENDA O QUE SÃO VIRUS, VERMES E CAVALOS DE TRÓIA
CINCO MODOS FÁCEIS DE ACELERAR O COMPUTADOR
7 MODOS DE COMBATER INTERRUPÇÕES NO TRABALHO
OITO DICAS PARA E-MAILS MAIS EFICIENTES
COMO DESENVOLVER UM PLANO DE MANUTENÇÃO PARA PC'S
OITO DISCAS PARA E-MAILS MAIS EFICIENTES
TENHA UMA SEGUNDA CHANCE QUANDO O SEU PC TRAVAR
NOVAS TECNOLOGIAS DE REDES SEM-FIO (WIRELESS)
Cuide para o PC não virar um robô
Conheça as perigosas redes de PCs robôs
Notebook HP - Compreender o protocolo sem fio Bluetooth no
ACELER E VÁ MAIS LONGE COM WIRELESS-N
INIMIGOS DE PESO EM REDES WIRELESS
OITO MANEIRAS DE USAR MELHOR ARQUIVOS EM E-MAIL
DICAS SIMPLES PARA SUA IMPRESSOR FUNCIONAR MELHOR
AS SETE REGRAS DO GATEKEEPING DE REDE
COMO EVITAR RISCOS NAS TEMPESTADES ?
COMO USAR RECURSOS DE SINCRONIZAÇÃO DE UM POCKET PC ?
COMO SE CONECTAR À REDE LOCAL VIA VPN ?
COMO USAR O ACESSO SEM FIO WAN ?
COMO USAR O ACESSO Wi-Fi À INTERNET ?
COMO DESATIVAR UM CELULAR ROUBADO?
7 DICAS SIMPLES PARA A BATERIA DO NOTEBOOK DURAR MAIS
COMO ECONOMIZAR ENERGIA ELÉTRICA (FERRO ELÉTRICO)
COMO ECONOMIZAR ENERGIA ELÉTRICA (MÁQUINA DE LAVAR LOUÇA)
COMO ECONOMIZAR ENERGIA ELÉTRICA (MÁQUINA DE LAVAR ROUPA)
COMO ECONOMIZAR ENERGIA ELÉTRICA (TELEVISOR)
COMO ECONOMIZAR ENERGIA ELÉTRICA (GELADEIRA)
COMO ECONOMIZAR ENERGIA ELÉTRICA (LÂMPADAS)
COMO ECONOMIZAR ENERGIA ELÉTRICA (TORNEIRA ELÉTRICA)
COMO ECONOMIZAR ENERGIA ELÉTRICA (AR-CONDICIONADO)
COMO ECONOMIZAR ENERGIA ELÉTRICA (CHUVEIRO ELÉTRICO)
COMO FAZER USO EFICIENTE DE ENERGIA
DICAS DE ECONOMIA NO CONSUMO
INSTALAÇÃO E CONSUMO
Todos os direitos reservados a Força e Luz Engenharia®