Identifique-se  
Categoria:
  


Boa tarde, 13 de Novembro de 2019 

Você está em:

REDES SEM FIO - WIRELESS

Sistema Conectado à Rede Elétrica - ON GRID
SISTEMA CONECTADO À REDE DA CONCECIONÁRIA
Para a instalação do Sistema Fotovoltaico Conectado a Rede Elétrica, é necessário solicitar autorização da distribuidora de energia elétrica local, mediante a apresentação de um projeto elétrico, memorial descritivo, e outros documentos para aprovação.

O projeto após aprovado pela distribuidora de energia elétrica  ira efetuar à troca do relógio medidor sem nenhum custo e o consumidor estará incluído automaticamente no sistema de compensação de energia.
Ver artigo principal:       

Automação Residencial

Ainda não existem muitos estudos de mercado que tratam do tema Automação Residencial, principalmente com foco no consumidor final, ou mais apropriadamente falando, dos moradores de uma casa. No caso, a questão das “casas inteligentes” foi tratada como um dos capítulos do estudo, onde os outros seriam:

Realidade aumentada/realidade virtual • Wearables • Carros conectados • Carros autônomos • Smartphones • 5G.
Ver artigo principal:     

 O que é a Demanda Contratada de Energia?

Demanda contratada é o valor de demanda de energia que a unidade consumidora irá utilizar dentro dos seus processos de consumo de energia elétrica.
O sistema elétrico brasileiro é composto por redes de distribuição e subestações de concessionárias que alimentam cargas de diversos consumidores de energia elétrica, tais como: motores, inversores, transformadores, iluminação, etc.

Ver artigo principal:  

Saiba quando a tarifa branca pode ser uma opção boa para o bolso?

Antes de aderir a taxas diferenciadas para a fatura da energia elétrica, os interessados precisam conhecer bem o próprio consumo para não cair em uma armadilha e acabar gastando muito mais.
Uma opção para a conta de luz pesar menos no orçamento das famílias brasileiras, a chamada tarifa branca, uma variação do valor da energia conforme o dia e o horário do consumo, entrou em nova etapa no começo deste ano. Desde 1º de janeiro, quem utiliza mais de 250 kWh/mês passou a contar com essa opção, destinada a residências e pequenos comércios. Até então, essa tarifa só podia ser adotada por quem gasta acima de 500kw/hora por mês. 

Ver artigo principal:  

Linques:
Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) 
Associação Brasileira de Distribuidores de Energia Elétrica (ABRADEE) 
Associação Brasileira de Grandes Empresas Geradoras de Energia Elétrica (ABRAGE) 
Agência Estadual de Regulação dos Serviços Públicos Delegados do RGS (AGERGS) 
Ministério da Ciência e Tecnologia 
Ministério de Minas e Energia (MME) 
Operador Nacional do Sitema Elétrico (O.N.S.
)

novidades
Cadastre-se e receba as novidades por e-mail:
Nome:
E-mail:
Google
previsão do tempo

BANNERS

Norma Reguladora nº10

Todos os direitos reservados a Força e Luz Engenharia®